Crônicas, Das idiotices do mundo

Eu dirijo

Gosta de carros?

Nunca fui um profundo conhecedor de carros ou outros automóveis, tirando os carros populares conheço meia dúzia de outros carros. Até hoje não sei diferença de motor, farol, turbo e outros componentes dos carros, enquanto meus colegas ficavam discutindo qual era o melhor carro do ano, eu pensava quem era o mais tonto.

Como nunca tive um pai, sempre acreditei que aprenderia a dirigir na auto escola mesmo, onde só vai os cabaços sem saber dirigir, eu seria um deles.
Quando for tirar minha carta, vou perguntar ao professor onde fica o botão “Iniciar” para desligar o carro(bill gates fail).

Estava ficando preocupado em não entrar na auto escola sabendo dirigir, até que minha prima que tirou a carta dela a pouco tempo resolveu me ensinar. Esta será a história que lhes vou contar.

Era tarde de sábado e a “aula” já estava previamente marcada. Ela me levou a um bairro distante da cidade, onde as casas ainda estão em construção, lugar onde não haveria perigo de bater o carro ou atropelar alguém, assim penso.
Chegamos ao local e escolhemos uma rua longa e reta, pra evitar qualquer barbaridade. Sentei no banco do motorista, coloquei a mão no volante e viajei.

Lembrei das minhas horas de Need for speedy 2, e as fichas gastas no fliperama, crendo que seria igualzinho  a um dos dois, onde só fazia acelerar e tentar não bater, o que era quase impossível.

Frear na curva? Para fracos

“Você sabe mais ou menos como fazer?” Ela me perguntou.

Porra, nunca peguei em um carro, não fazia idéia de como fazer aquela uma tonelada caminhar sozinha. A essa altura do campeonato nem me lembro o que ela disse exatamente, sei que coloquei o pé no acelerador e ouvi o motor do Fox roncar, ela me olhou com cara de assustada “Você está louco, se tu solta a embreagem vamos para no poste”.
Soltei o pé e o carro continuava roncando de mais “é muito ainda”, soltei mais um pouco, fui tirando o pé da embreagem até que finalmente o carro se moveu. E lá estava eu a uns 15 km/h em uma rua deserta, todo feliz e pimpão como se estivesse em uma corrida de F1. mas sempre com mãos fixas no volante e olhos atentos a rua.

Subi para 20 km/h, suficiente para não ter que trocar de marcha, e o carro bem no meio da rua, evitando uma guia ou um buraco. Estava gostando da coisa, é uma sensação de relex até, você e o carro ali, andando suavemente na pista, sem nenhuma tensão, parecia como andar de bicicleta, só que sem esforço óbvio.

Se tá esperando eu contar o momento em que estava a 40 km /h, vi um cachorro na minha frente e joguei o carro pro lado numa tentativa de não atropelar o bicho, esquece. O mais grave que aconteceu foi eu bater no cachorro, mas estava ainda a 20/h e já tinha parado, ele fez um barulho agudo e saiu fora, quem mandou se meter na minha frente. Sou piloto de fuga agora.

Não sei quando vou dirigir de novo,  acho que tenho que lavar o carro uma ou duas vezes para conseguir isso. Na próxima vez, tentarei fazer o esquema do Gran turismo, apertar o acelerador e o freio junto pra sair no arranque.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Eu dirijo

  1. quiiiiiikaa disse:

    haha, eu ri ok ? kk
    acho que o lance é você não parar de escrever e virar um milionário com o seu talento, e assim, contratar um motorista particulpar pra você, pro bem dos cachorros inocentes né HAUSHUHUAS kk

    eu dirijo bem, milbjs :*

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s