Crônicas

O limite entre bobeiras e idiotices

Desde os tempos em que se aprende a ser gente, você descobre que não se pode fazer de tudo. Há uma linha entre o certo e o errado da qual você tem que aprender a diferença entre o lado de uma e de outra, e saber também em qual ficar.
No começo você distingue bem essa linha e sabe que pegar o dinheiro do amigo é algo ruim a se fazer. Mas com o passar dos anos o seu mundinho, que se limitava apenas as bobeiras corriqueiras, como ir para a escola, voltar, comer, dormir, e jogar video-game, se tornam mais complexas. Não que comer se torne mais dificil, o que ir a escola se torne diferente (tá eu provo que sim), o que acontece é que novas coisas surgem a cada momento, e discernir entre certo e errado fica cada vez mais dificil.

Então chega um momento que a linha se torna um tanto quanto complexas, certas atitudes deixam de ser apenas certas e erradas, para se tornarem bobas ou idiotas. Uma atitude considerada boba faz com que as pessoas a volta dêem risadas e normalmente acompanham com outras atitudes tão bobas quanto a primeira.

Uma atitude idiota é aquela é em que você acaba por se sentir completamente isolado do resto do mundo, com olhares fulminantes, onde você aprende a nunca mais fazer aquilo, a não ser que você realmente seja um idiota.

Idiotas acabam por viver sozinhos.

Bobos são apenas bobos, pessoas sem muita coisa para fazer, que gostam de dar risada de tudo, fazer com que qualquer coisa se torne engraçada. São pessoas que não vêem razão em ser sérios, mas sabem que não devem ser idiotas.

Este tem sido eu ultimamente, na verdade isto tem sido meu grupo desde o inicio do ano para cá. Três bobos que fazem o possível para dar risada de qualquer coisa, até das coisas das quais não gostamos.

B&Gwafa.

Não, este não é o nome do nosso grupo. Nos auto-denominamos “#teoriamasculina”, e apelidamos o resto da classe também. Há no fundo os Criados com a vó, mais pra frente as Patricinhas, no meio os Nerds, mais ao lado a turma do lado e no centro distante de todos a Luna.

Dia desses provamos que a física está errada e criamos o barulho para o calor, é parecido com um mantra. Outro dia apostamos corrida de cavalinho, e brincamos de policial. Está tudo dentro do padrão de normalidade “BOBO”.
Não ficamos dando tapas nas cabeças uns dos outros a toa, ou dando socos em regiões intimas, ou até mesmo soltando gases pela classe como se fosse algo natural.
As vezes extrapolamos eu admito, mas no fim das contas queremos aproveitar o máximo este que é o ultimo ano juntos, seja fazendo bobagens ou fazendo bobagens.

 

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “O limite entre bobeiras e idiotices

  1. Pingback: Falar mal no twitter « Mas que poxa*

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s