Crônicas

Coisas da vida adulta

musica tema “Born to be wild”(não dá pra colocar vídeo devido a internet com restrições). 

Tem um poema de Carlos Drummond chamado “Ser”, que gosto de citar quando entro em crise existencial. O que é ser, pergunta ele no poema. E parafraseando ele mais uma vez eu me pergunto, O que é ser adulto.

Estou perto de completar 18 anos, prestes a terminar o ensino médio e essa pergunta marte-la a mim, assim como deve martelar a cabeça de muitos outros que se encontram na mesma situação que eu. O que será de nossas vidas daqui pra frente.

Explico por que a indagação de o que é ser adulto.
Você esquece de fazer alguma tarefa e sua mãe diz “Você já está adulto o bastante pra eu não ter que ficar mais falando e blá blá blá blá… 5 minutos depois… blá blá blá… Uma hora depois e blá blá blá..”
Dias depois, você que é o mesmo que não fez a tarefa e já estava adulto, comunica só por fins burocráticos que vai a um show daqui a uns dias. Perguntar se pode pra que, agora que já somos adultos não é mesmo.
E ela diz que tem que ver, pois você ainda é muito novo pra essas coisas. Pode isso Arnaldo,  até ontem eramos super adultos capazes de cuidar de nossas próprias vidas e fazer revoluções, votar, e lutar por um mundo melhor. O mesmo adulto não pode ir a um show, esse mesmo adulto que agora tem um cartão de crédito e não pode usa-lo. Perdoem-me os mais abastados que com 15/16 anos já ganham suas gordas mesadas ou até mesmo seus cartões com altos limites, mas na sua idade eu já trabalhava e pagava meu próprio almoço, só não era adulto, pelo menos não para ir aonde quisesse como se o resto do mundo não tivesse que se importar.

E quando nós grandessíssimos adultos donos de seu próprio… Donos de que mesmo, dono de suas tarefas e deveres com a sociedade no máximo. E quando nós tivermos que um dia arrebentar com as correntes que nos prendem a um mundo alienado(tá prometo que nunca mais escrevo no estilo Machado de Assis(Saramaguês ainda continua) enfim), nesse memento então ai que eu quero ver o quão adulto seremos, enfim colocaremos em prática todos os nossos planos ardilosos para… para o que mesmo, ah para ser adulto.
Grande merda.

Anúncios
Padrão

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s