Contos

A sala

Se posta ao batente e vê a sala vazia. Foi a onde tudo começou e as lembranças eram derramadas com o sol e trespassavam pelas carteiras.

Ruins ou boas, era o marco do inicio. Sentou-se na mesa do mestre, cantou uma musica, e recolheu-se as velhas memórias, que o abraçou e deu-lhe afeto, mas rasgava-lhe o coração também.
Queria que tudo acabasse bem, sem muitas dores. É.

Anúncios
Padrão

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s