Contos

Complicado

Tenho tido dias difíceis, dos quais eu levanto e já tenho que sair por ai, sem nem ter tido tempo para lembrar como é andar.
Vou andando torto, e ora ou outra tropeço na luz.
Vejo tudo torto, tudo roda. Não, não estou bêbado, é que o soco que a vida me deu foi forte demais.

Não me julgue, não me aponte o dedo. Tento consertar tudo isso quando eu puder parar para pensar, por enquanto eu vou errando.

Vou saboreando o vento, pensando em como não agir. E se amanhã, eu não estiver mais aqui, não se preocupe, mando um bilhete de adeus. Não se preocupe.

Anúncios
Padrão

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s