Contos, Vivi e aprendi

Quem ousa criticar-me

A mim, todos. Claro.
Quem sou eu, quem sou entre pessoas e pessoas mais cultuadas, quem sou dentro de um palacete infestado de celebres personas.
Experimente criticar qualquer um deles, pois eu que não sou nada, nada farei, pode me criticar a vontade, três vezes por dia se for necessário.
Grande seja Dalí, que ousou fazer o que ninguém fez.

Anúncios
Padrão

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s