Contos

Could Exist

Eu sabia onde estava, e onde deveria ir. Só não sabia se eu realmente deveria.
Mas quando tudo está tão perto, e você não tem nada a perder, por que não?

Eu pensei em qualquer coisa, menos em como deveria me portar. Eu pensei nos problemas, e de certa forma nas soluções.
As luzes da noite refletiam minha sombra. E não me diziam nada. Tive medo de ficar ali para sempre, e principalmente, de ser descoberto.

E quando tudo ficou calmo, eu soube que era só agir como de costume. Lhe enganei.
Eu estava distante nove passos de qualquer coisa, e de lá, via-se quase tudo. Menos o que estava por vir.
Quisemos ir mais longe, e usamos a saída de emergência. O que não havia saída era aquela situação.
Mas ninguém interrompeu o brilho das estrelas.

Criamos mais tempo, mais situações, e mais formas.

O sol estava prestes a se levantar, então eu voltei.
Tranquilo, com uma certeza, mas sem nenhuma resposta.

Anúncios
Padrão

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s