Medidas paliativas para um mundo melhor

Ilha

Depois de muito refletir sobre a ideia, tive que concordar: Vamos nos dividir em vários Brasis.
E por que não concordaria?
O Norte e o Nordeste se juntam e formam o “Brasil N” (Podem ficar com o Espirito Santo, por favor), São Paulo, Minas, Rio e o estados do Sul se juntariam e fariam o “Brasil S”.
O Centro-oeste forma o “Brasil C”.
Bom, aí todos os nossos problemas estão resolvidos.
Até descobrirmos que Minas não anda muito bem das pernas, aí a gente exclui ela do nosso Brasil. Vai ser melhor pra ela, vai ser melhor pra nós também.

E se os outros estados começarem a ir mal também? Não tem problema, cada um vai pro seu canto. Sem ressentimentos. São Paulo só precisa de São Paulo.
Antes que tenhamos qualquer problema a gente se livra do interior e da zona leste. Uma lástima, mas necessário.

Depois disso vai ficar tudo mais fácil, vamos separar nossos brasis por bairros, depois casas e, finalmente, o último estagio: vamos nos separar uns dos outros e viver cada um o seu próprio Brasil.

Vai ser bem melhor assim, eu garanto. Tenho plena certeza de que separados uns dos outros iremos nos fortalecer e resolver todos os nossos problemas.

Viva o Brasil! O meu, lógico.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Ilha

  1. Pingback: Não, não separem o Brasil | Mas que poxa*

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s